#Finanças

Antecipar a quitação do financiamento é um bom negócio?

Recorrer a um financiamento pode representar a concretização de um sonho. Muitos contraem dívidas volumosas em nome da aquisição da casa própria, por exemplo. Em dado momento, alguns se deparam com a oportunidade de quitar o compromisso antes do prazo estabelecido. Mas será que antecipar a quitação do financiamento é um bom negócio?

Neste artigo, esclareço a dúvida que paira sobre o planejamento financeiro de muitos brasileiros. O esforço para antecipar a quitação do financiamento é justificado ou não? Trata-se de uma decisão importante que impacta todo o orçamento dos meses seguintes.

O desconto precisa valer a pena

Essa decisão passa fundamentalmente pelo ganho financeiro que se pode ter. Em outras palavras, só vale a pena fazer esse movimento quando o desconto se mostra vantajoso. Veja o exemplo de um dos meus seguidores (o caso ilustra bem como a ideia de antecipar pode ser uma casca de banana no planejamento financeiro): com pouco mais de três anos para a quitação, ele teve a oportunidade de antecipá-la com um desconto de 12%.

Matematicamente, não é um bom negócio quitar o financiamento de forma antecipada. A razão é muito simples: ao longo de três anos, o mesmo dinheiro aplicado renderia muito mais do que os 12% de desconto. A antecipação só valeria a pena se esse desconto fosse mais robusto. Devemos levar em consideração, ainda, que o cenário brasileiro está convidativo para investimentos, as aplicações estão com boa rentabilidade.

Como surge a possibilidade de desconto para antecipar a quitação do financiamento?

Outro aspecto relevante é como aparece a possibilidade de desconto. Em geral, uma pessoa só ficará propensa a tomar essa decisão se o desconto for convidativo.

A questão é: você mesmo sugeriu a antecipação e pediu o desconto ou a ideia partiu da construtora ou corretora? Se a resposta for a segunda alternativa, pode ser um mau sinal.

Quando a sugestão parte da construtora ou da corretora, é possível que o empreendimento esteja com problemas de caixa. Em casos assim, mais do que decidir sobre antecipar ou não, você deve se atentar para o andamento da obra. Fique de olho, por exemplo, na pontualidade da entrega e na demanda que o empreendimento tem apresentado.

INCC, um fator pouco relevante atualmente

Em certas situações, quitar o financiamento bem antes do prazo pode ser vantajoso mesmo sem um grande desconto. O motivo? O INCC (Índice Nacional da Construção Civil), que pode variar e elevar as prestações com o passar do tempo. No entanto, atualmente essa não é uma preocupação, pois a economia está lenta. O INCC só cresce acima da inflação quando acontece um boom imobiliário, muito improvável neste momento.

Faça sempre boas escolhas

Ao longo da minha carreira, tenho insistido para as pessoas buscarem sempre as melhores escolhas. A decisão sobre antecipar a quitação do financiamento é uma dessas escolhas decisivas para manter as contas em ordem. Tem relação direta com o conceito de Inteligência Financeira.

Postado em 04/06/2018
Compartilhe