#Finanças

Investimento para aposentadoria vale a pena?

O ato de se aposentar pode parecer distante em muitos casos, mas ele chegará. À medida em que esse momento se aproxima, as pessoas se preocupam mais com a renda mensal que vão possuir. Em alguns casos, existe a possibilidade de obter um ganho extra por meio de um investimento para aposentadoria. Mas será que vale a pena? Neste artigo, vou responder a essa pergunta.

Um dos meus seguidores trouxe uma situação que exemplifica bem essa opção de investimento para aposentadoria. Seu pai estava próximo de se aposentar e passaria a receber 2500 reais mensalmente. Porém havia uma expectativa dessa renda aumentar para 3500, mediante uma contribuição imediata de 80 mil reais. O valor era referente a um período em que seu trabalho não demandava contribuição ao INSS.

A dúvida era exatamente essa: se valia a pena ou não fazer esse investimento de 80 mil reais. Lembrando que o movimento tinha potencial de incrementar a renda em 1000 reais mensais.

Na ponta do lápis

Para entender se esse tipo de movimento é considerável, o único jeito é colocar a calculadora para funcionar. Caso o rendimento extra supere o que se poderia ganhar com investimentos simples, certamente valerá a pena. No caso do meu seguidor, o acréscimo de 1000 reais por mês a partir do investimento de 80 mil representa um ganho aproximado de 1,25% ao mês.

Um rendimento dessa ordem só é viável com uma carteira de investimentos arrojada e sujeita a instabilidades. Naturalmente, uma pessoa não vai querer arcar com o tempo de estudo e possível estresse decorrente de aplicações de risco. Portanto, é viável buscar a renda extra na aposentadoria nesse exemplo citado.

É importante ressaltar que a renda mensal de 3500 reais por mês não teria a correção exata de acordo com a inflação, por isso seria deprimida a cada ano. No entanto, mesmo com esse pequeno prejuízo, ainda seria vantajoso devido ao importante ganho.

Se endividar com um investimento para aposentadoria

Está claro que o investimento de 80 mil reais seria vantajoso para meu seguidor, tendo em vista o potencial de retorno. Mas e se ele não tivesse esse montante à disposição e precisasse recorrer a empréstimos?

Esse aspecto fundamental deve entrar na conta para não dar um passo em falso rumo à um futuro melhor. A necessidade de fazer um empréstimo robusto implica em uma dívida que levará anos para ser quitada. Nesse ponto, entram não apenas os juros que incidem sobre essa dívida, mas também o desconforto por conviver com a incerteza por bastante tempo.

Quando esse for o caso, normalmente, a recomendação é abrir mão da possibilidade da renda extra na aposentadoria. Esta orientação muda caso o potencial de retorno seja sensivelmente superior a 1,25% ao mês – como no exemplo citado.

Quer ter uma renda extra na terceira idade? Comece a construí-la desde já com um investimento para aposentadoria!

Postado em 15/06/2018
Compartilhe