#Finanças

O que é independência financeira?

O que é independência financeira?

Você provavelmente tem visto muito esse termo por aí, já que, em um momento de crise na previdência, ele passou a ser atrelado à conquista da aposentadoria precoce, ou seja, ao acúmulo de um patrimônio suficiente para poder deixar de trabalhar sem depender do governo.

Mas será que isso é suficiente para definir o que é independência financeira?

Quando comecei a ir atrás da minha independência financeira, de fato, meu principal objetivo era juntar dinheiro para um dia poder parar de trabalhar. E foi de olho nisso que consegui impor alguns sacrifícios à minha vida para conquistá-la o quanto antes. Até aí, sem novidades.

Mas, a partir do momento em que atingi essa independência financeira, descobri que o conceito por trás do termo ia muito além do simples “parar de trabalhar”. Na verdade, ele dizia respeito a algo muito mais profundo, que quase ninguém percebe quando inicia um projeto para enriquecer.

O que é independência financeira: além do óbvio

Eu realmente não gostava do caminho que seguia nos primeiros anos de carreira. Como professor, trabalhava muito, dava horas e horas de aulas, passava o fim de semana corrigindo provas. E tudo em que conseguia pensar era juntar um bom dinheiro para que, um dia, pudesse deixar aquele cargo tão extenuante para mim.

Dediquei-me com afinco a isso. E, aos 31 anos de idade, percebi que meu objetivo havia sido atingido muito antes do que eu imaginava.

Só que, naquele momento, tive um estalo. Percebi que, junto com a independência financeira, veio uma conquista que eu nunca havia imaginado, e que mudou tudo na minha vida: liberdade.

Liberdade não só para viajar para onde eu quisesse, para realizar projetos, para satisfazer sonhos de consumo. Liberdade para fazer o que me dava prazer – e, se possível, obter renda com isso.

De repente, descobri que o que eu queria não era parar de trabalhar. Era parar de trabalhar com o que não me proporcionava prazer. E, ao ter, pela primeira vez, a oportunidade de poder dizer não àquilo que não gostava, pude passar a aceitar somente projetos que tinham significado para mim.

A consequência disso? Ao trabalhar com prazer, pude finalmente trabalhar melhor, aumentar meu desempenho, obter mais reconhecimento… Hoje, afirmo com todas as letras: não tenho nenhuma intenção de me aposentar.

É por isso que, para mim, existe uma definição muito mais correta para a independência financeira do que aquela bradada por aí. É conquistar a liberdade de fazer o que você gosta com a segurança de não perder isso no futuro. Isso é ter independência financeira.

Postado em 04/07/2018
Compartilhe