#Finanças

Poupar dinheiro: quando devemos começar?

Poupar dinheiro e fazer bons investimentos é a base para garantir um futuro confortável, com mais qualidade de vida e liberdade para a realização de sonhos. Mas a partir de qual idade devemos iniciar esse processo?

Certa vez, um rapaz recém-formado me escreveu comentando a forma como seu grupo de amigos lidava com o dinheiro. Para eles, o importante era curtir a juventude até os 30 anos, e somente depois planejar o futuro.

Minha réplica teve um tom provocativo: questionei se eles faziam academia, tinham uma alimentação saudável e evitavam vícios para cultivar a saúde. A resposta foi afirmativa. Estranho…

Se as finanças são um dos pilares da nossa vida, poupar dinheiro não deveria merecer tanta atenção quanto os cuidados com saúde, alimentação e vida social?

A construção do amanhã

Tudo que fazemos hoje é uma construção do que seremos amanhã. Por isso, a ideia de curtir a vida sem cuidados financeiros é sempre arriscada.

A vida é dinâmica e repleta de surpresas. Por mais que tenhamos planos, eles dificilmente são realizados da forma como imaginamos.

Quem deixa para poupar dinheiro apenas após os 30, provavelmente vai abandonar esse projeto para poder sair de casa ou se casar. Posteriormente, a poupança voltará a ser relegada ao segundo plano, já que filhos virão. E, com isso, o desejo de propiciar a eles uma boa educação.

Fazendo um cálculo conservador, serão pelo menos 12 anos de estudos, entre a educação básica e o ensino médio. Isso sem contar os gastos com creches, faculdades, cursos e afins. 

Percebe o efeito bola de neve do adiamento da poupança? Consegue ver como, até que os filhos saiam de casa, teremos várias boas desculpas para adiar sua formação?

Quem empurra planos financeiros para frente, normalmente só consegue colocá-los em prática após os 50 anos. E, para tirar o atraso, isso exige enorme economia mensal. Basta pensar como nesta idade a aposentadoria se aproxima e a renda tende a ficar estagnada ou atrofiar.

Poupar dinheiro desde cedo estende a juventude

Já quem começa a plantar cedo, colhe mais frutos. E, com um futuro equacionado, é provável que sua juventude também se prolongue, já que a falta de tranquilidade é um dos motivos do envelhecimento precoce. Basta pensar como nos países desenvolvidos as pessoas vivem mais.

É por isso que poupar dinheiro desde cedo é a garantia para um futuro mais rico. Mesmo que surjam gastos com os quais você não conta, como casamento ou filhos, suas reservas continuarão se multiplicando para cumprir esse objetivo.

Não adie um projeto fundamental para a sua vida. Desenvolva o hábito de poupar dinheiro, crie reservas, comece a investir. Eu garanto que a tranquilidade do seu “futuro eu” vai recompensar todo e qualquer sacrifício desta jornada.

Postado em 06/07/2018
Compartilhe