#Finanças

Vale a pena investir em LCI?

Se você está em busca de uma alternativa melhor do que a poupança para alocar seu dinheiro, meus parabéns! Dentre as opções disponíveis no mercado, as Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) estiveram em alta nos últimos anos. Atualmente, vale a pena investir em LCI?

Este artigo esclarece a dúvida levantada por um de meus seguidores. Ele se mostrava reticente em relação à LCI por compreender que esse produto já não apresentava o desempenho de outrora. De fato, no cenário atual não vale a pena investir em LCI. Veja por que e entenda como esse produto varia dentro do mercado.

Será que vale a pena investir em LCI? Qual o seu papel no mercado?

As Letras de Crédito Imobiliário são um instrumento de captação de recursos que os bancos têm. Seu objetivo é disponibilizar recursos especificamente para empreendimentos imobiliários. O dinheiro para as pessoas financiarem a casa própria, por exemplo, sai do montante acumulado pelos bancos via LCI.

Por terem um papel decisivo nas movimentações imobiliárias do país, as Letras de Crédito Imobiliário são incentivadas pelo governo. Não há cobrança de impostos sobre o rendimento das LCIs como forma de fomentar o mercado imobiliário.

Por que a rentabilidade da LCI caiu?

No final do ano de 2017, a rentabilidade das Letras de Crédito Imobiliário teve uma queda. A razão é o chamado boom imobiliário ocorrido no Brasil principalmente entre 2014 e 2015.

Durante este período, houve uma demanda acentuada por financiamentos imobiliários. Como consequência, os bancos elevaram a rentabilidade sobre as LCIs para obterem recursos suficientes e poderem arcar com esses financiamentos.

Conforme esse boom foi passando, as solicitações por financiamentos caíram. Consequentemente, os bancos não precisaram mais de tantos recursos provenientes das Letras de Crédito Imobiliário.

Trata-se de uma lógica simples de oferta e procura. Quando há muita procura por financiamento de casa própria, sobe a rentabilidade da LCI. Quando esse demanda cai, automaticamente a LCI tem uma queda em sua rentabilidade.

O mercado é cíclico

Por mais que se repita por aí, vale sempre a pena lembrar uma regra básica do mercado financeiro. Crises e períodos de flutuação vêm e vão, e os especialistas se esforçam para antecipar esses movimentos do mercado.

Respeitar o caráter cíclico do mercado é um preceito para quem investe ou pensa em investir. A LCI, por exemplo, pode passar por momentos de baixa e se recuperar depois de alguns meses. Tudo depende da procura por financiamentos imobiliários. Essa lógica vale também para outros produtos disponíveis no mercado, cada um com suas particularidades.

Minha orientação é jamais fechar as portas totalmente para determinada aplicação, mesmo que naquele momento ela não esteja em alta. Quem acompanha o mercado assiduamente consegue fazer melhores escolhas e sempre ter a carteira adequada a cada flutuação.

Quando vale a pena investir em LCI?

Em linhas gerais, vale a pena investir em LCI quando existe um forte movimento imobiliário no mercado. A situação atual não é favorável para este produto porque a economia brasileira vive uma fase turbulenta desde 2016. Poucas pessoas estão dispostas a iniciar o financiamento da casa própria. Pode ser que esse cenário se altere dentro de alguns meses, mas não há uma garantia disso. É preciso ficar de olho no mercado e também no impacto das eleições sobre a economia.

Postado em 14/05/2018
Compartilhe